Depois de 30 anos, Sargento vai pra reserva de PM

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Após 31 anos e 5 meses de efetivo serviço, 3º Sargento da Polícia Militar de Santa Catarina assina seu Requerimento de Transferência para a Reserva Remunerada. O dia 03/07/2017 ficou registrado na história da Polícia Militar de Santa Catarina, pela assinatura do 3º Sgt PM QE Amarildo Cordova Luiz, no Requerimento em que solicitou sua transferência para a Reserva Remunerada.

Sem nenhum tempo de serviço averbado, no dia da assinatura no requerimento, o Sargento C. LUIZ completou 31 anos, 5 meses e 6 dias de efetivo serviço na Polícia Militar de Santa Catarina. O Sargento C. LUIZ ingressou na corporação em 03/02/1986, tendo trabalhado em diversos municípios de Santa Catarina, sendo que no dia 08/11/2010 foi transferido para o município de Pouso Redondo, onde permaneceu lotado até o dia em que requereu sua aposentadoria.

Dentre os diversos valores e virtudes do Sargento C. LUIZ, destacam-se o espírito de camaradagem, o bom humor e a alegria contagiante, que muitas vezes fazia seus companheiros de farda esquecerem seus problemas, e trabalhar como se eles não existissem. Difícil ainda não destacar a energia pela qual era movido o Sargento C. LUIZ, sendo que com mais de 31 (trinta e um) anos de efetivo serviço, trabalhou até o último dia de sua carreira no serviço ativo da Polícia Militar de Santa Catarina, com o mesmo entusiasmo e dedicação de um Soldado recém formado.

Ao mesmo tempo em que recebe o requerimento de transferência para a Reserva Remunerada do Sargento AMARILDO CORDOVA LUIZ, a POLÍCIA MILITAR DE SANTA CATARINA deseja-lhe Saúde, longevidade e um merecido descanso ao Policial Militar que passa para o quadro de Inativos, levando consigo o sentimento do dever cumprido.

Comentários