Polícia realiza operação em cinco cidades para prender mentores do “Jogo da Baleia Azul”

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Decorrente de trabalhos da Polícia Civil de pelo menos oito estados, uma operação foi desencadeada para prender envolvidos com o jogo da baleia azul, cujo conceito incita adolescentes e crianças a realizarem desafios macabros e, por fim, tirar a própria vida. No Estado de Santa Catarina, a Diretoria de Inteligência da Polícia Civil (DIPC), em conjunto com os Núcleos de Inteligência de outras Delegacias, cumpriu mandados de busca nos municípios de Florianópolis, Chapecó, São José, Joinville e Araquari.

Durante o cumprimento dos mandados em SC, os policiais apreenderam documentos e dispositivos que apontavam para a prática e estímulo do jogo. Dos cinco municípios, em Chapecó, três endereços foram vistoriados. Na cidade, uma menina de 13 anos estava sendo vítima do desafio. Em Joinville, uma pessoa de 18 anos assumiu ser uma “curadora” do jogo. E um adolescente de 14 anos, em São José, é ainda investigado. Outras investigações continuam.

No Rio de Janeiro, um dos “curadores” do jogo já havia sido preso durante a manhã desta terça-feira, na operação nacional. Ao todo, os mandados são cumpridos em SC, RJ, Rio Grande do Sul, São Paulo, Sergipe, Paraíba, Pará e Minas Gerais.

“Colabore com a Polícia Civil. Denuncie. Disque 181.”

ASCOM PCSC

Comentários