Governador explica ação de regularização de terras e imóveis

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

No programa semanal Com a Palavra, o Governador, Raimundo Colombo falou da ação do Estado nos processos de regularização fundiária. Técnicos estão sendo capacitados e o trabalho terá aporte financeiro do Governo para garantir que documentos como as escrituras possam ser entregues sem burocracias e de forma mais ágil aos proprietários de terras e imóveis que ainda estão em situação irregular.

“É uma ação social muito importante, porque às vezes a pessoa mora há anos num local, mas não tem o documento e não pode oficializar seu patrimônio, isso causa muitos transtornos. Agora a lei facilitou e a gente tem que ajudar. Com o documento em mãos, as famílias terão segurança e normalidade com relação à posse de suas terras ou imóveis”, destacou o governador.

Os contratos com 18 municípios, via Badesc, que vão garantir recursos para a realização de obras e aquisição de equipamentos, também foram abordados no comentário do governador. Para Colombo é uma forma de dinamizar a economia, fazer o dinheiro circular e vencer a crise com investimentos, por parte das prefeituras, em diversas regiões. Ao todo, R$ 56 milhões serão repassados por meio do programa Badesc Cidades.

O outro assunto da entrevista foi a inauguração do Centro Administrativo da secretaria de Estado da Segurança Pública, na área continental de Florianópolis. O novo espaço vai unificar as sedes administrativas da Polícia e do Corpo de Bombeiros Militar, Instituto Geral de Perícias, Detran e Polícia Civil, além das gerências e diretorias da SSP. “Fizemos todos os estudos e cálculos pra saber se valeria à pena fazer esse investimento, e valeu. Com a nova estrutura, o Estado vai economizar e aumentar sua eficiência no atendimento ao cidadão”, avaliou.

Comentários