Obras recebem inovação na tubulação em áreas de risco 

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

As obras do muro de contenção da Estrada São José, no bairro Taboão e na Estrada do Redentor, no bairro Canta Galo, receberam uma inovação na infraestrutura. Trata-se de uma tubulação flexível que ajuda a prevenir infiltrações e movimentações no solo onde será instalada.

O projeto desenvolvido pela Secretaria de Infraestrutura (SEINFRA), inclui dois tubos, um de 600 milímetros e outro de 800 milímetros no valor total de R$ 6.438,00. De acordo com o secretário da SEINFRA, Fábio Alexandrini, a vantagem está na adequação do tubo aos pequenos movimentos do terreno.

“Em uma obra como o muro de contenção, uma tubulação tradicional em cimento, certamente abriria e a água provocaria infiltrações, aumentando a movimentação do solo, o que é muito perigoso”, destaca o secretário. Além disso a nova tubulação é mais barata na hora da instalação. “Não precisa concreto e cimento para selar, apenas pedra brita”, completa o secretário.

O muro de contenção na Estrada São José mede 150 metros de comprimento e tem altura variável de 1,5m a 4m. O trabalho está sendo feito pela BFA Multiempresa, da cidade de Atibaia (SP). O investimento no muro de gabião será de R$ 540.465,13, sendo que os recursos foram liberados pelo Ministério da Integração. A previsão é que a obra seja concluída pelo menos até o mês de novembro.

Já na estrada do Redentor, a obra a ser realizada é a estabilização e contenção de uma encosta. O valor total do investimento é de R$ 114.726,72 e a empresa que está executando o projeto é a Equal Construtora e Incorporadora Ltda.

Comentários