Caixa d’água se rompe em escola de Ibirama

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Após rompimento de caixa d’água em escola, ADR de Ibirama já trabalha no conserto de estrutura

Após o rompimento da caixa d’água de 20 mil litros na Escola de Educação Básica Gertrud Aichinger, registrado na tarde do sábado, 19, em Ibirama, a pedido da Agência de Desenvolvimento Regional de Ibirama, uma equipe já iniciou na manhã desta segunda-feira, 21, o trabalho de recuperação na unidade, onde as aulas seguem normalmente.

De acordo com o gerente de infraestrutura, Sandro Marcus Zluhan, que vistoriou o local, com o rompimento, registrado por volta das 14h, as paredes da torre que abrigava a caixa também se romperam e com os destroços, parte do telhado de duas salas de aula também foi atingido, mas não é possível afirmar o que causou o incidente. “A torre que abrigava a caixa d’água foi construída em 2004 e até então nunca havia apresentado nenhum problema estrutural. Já a caixa d’água propriamente dita, possuía garantia de apenas dois anos, mas não tinha prazo de validade.”

O gerente de Educação, Nilo Poffo também esteve no local ainda no sábado, e adiantou que tudo já está sendo providenciado para que as aulas não sejam prejudicadas. “A escola tem uma outra caixa de 20 mil litros, mas já  estamos trabalhando na limpeza dos resíduos e vamos comprar uma nova caixa, reconstruir as paredes do reservatório, que não teve  a parte estrutural comprometida, e fazer os reparos no telhado”, ressaltou.

Liberado recurso para o Ginásio interditado

Apesar dos problemas na caixa d’água, a ADR de Ibirama deu nesta semana uma boa notícia para a direção da escola Gertrud Aichinger: a Secretaria de Estado da Educação liberou cerca de R$ 90 mil para reformas no ginásio de esportes da instituição que estava interditado desde agosto de 2016. “Fizemos essa solicitação no ano passado e agora felizmente fomos atendidos. Conseguiremos fazer a retirada do piso que estava soltando e construção de uma nova quadra para que todos os alunos possam voltar a ter aulas com prática desportiva no ginásio. Temos apenas que aguardar os trâmites burocráticos para que essa reforma inicie.”, completou o secretário executivo da ADR, Jmair Marcelo Schmidt.

No fim do ano passado o Governo do Estado também realizou outras melhorias estruturais como a troca de 50% das colunas que davam sustentação ao telhado para garantir mais segurança aos estudantes e profissionais que trabalham na escola.

Comentários