Prefeitura inaugura Centro de Atenção Farmacêutica

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Com sede própria, espaço vai distribuir medicamentos psicotrópicos gratuitamente para moradores de Rio do Sul

A população rio-sulense passa a contar com um novo espaço de distribuição de medicamentos. Na manhã desta segunda-feira (4) foi inaugurado o Centro de Atenção Farmacêutica (CAF). O novo espaço está localizado no cruzamento da rua Aristiliano Ramos e travessa Bento de Oliveira, no centro da cidade, próximo ao terminal rodoviário. A medida é uma iniciativa da Prefeitura que busca descentralizar a distribuição de medicamentos.

Além disso, no mesmo espaço funcionava a antiga Farmácia Popular, mantida com recursos do governo federal. A partir da extinção do programa federal em julho e adaptações do espaço, a Prefeitura de Rio do Sul resolveu manter o local com finalidade semelhante. Os medicamentos (com distribuição gratuita) são itens já disponíveis na Farmácia Básica do município.

O estoque do CAF vem de doação de consultórios médicos, representantes do ramo farmacêutico e clínicas. É realizada uma triagem e só então é definida a destinação dos medicamentos para melhor aproveitamento da matéria prima, como explica a farmacêutica e responsável pela unidade, Paola Sofka. O CAF atende exclusivamente os moradores de Rio do Sul.

O prefeito José Thomé destaca a fácil localização do espaço. “Aqui estamos na área central de Rio do Sul e a poucos metros do terminal de ônibus”. Thomé também cita o fator acessibilidade. O que irá poupar pacientes e idosos de subirem o morro da rua Tuiuti rumo a Policlínica. Outra dificuldade, segundo a secretária de Saúde, Sueli de Oliveira, é o fato de a Policlínica estar com falta de vagas para estacionamento.

“Saúde é o nosso maior patrimônio. Trata-se de prioridade. O nosso papel como gestor público é de facilitar o acesso à população. Um local 100% custeado pela Prefeitura de Rio do Sul”, declara o prefeito. Apenas três municípios catarinenses darão continuidade a este modelo de farmácia: Rio do Sul, Criciúma e Blumenau. O CAF passa a ser referência na distribuição estratégica de medicação de uso contínuo.

É importante frisar que o CAF funciona como descentralização da distribuição de medicamentos. Contudo, a farmácia da Policlínica permanece com a estrutura já conhecida e também não haverá mudanças na função já desempenhada pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS) nos bairros.

Serviço
O CAF está situado no cruzamento da Aristiliano Ramos e a travessa Bento de Oliveira. Próximo ao Museu. O espaço tem atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Comentários