SEADES promove Semana do Idoso em Rio do Sul

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SEADES), da prefeitura de Rio do Sul, começa nesta terça-feira (3) as atividades que dão início a Semana do Idoso. No domingo, dia 1º de outubro, foi comemorado o Dia Internacional do Idoso. E para celebrar esta data, durante toda semana a prefeitura irá realizar várias atividades voltadas para o público da terceira idade.

O primeiro dia da Semana do Idoso, inicia com uma tarde esportiva na sede da Fundação Municipal de Desportos (FMD). Entre as atividades que serão oferecidas para a melhor idade estão jogos de mesa, bocha, vôlei câmbio e ginástica.

Na quarta-feira (4) a terceira idade está convidada para uma palestra show motivacional.

O evento será realizado na Unidade Tecnológica do IFC, a partir das 13h30 e será conduzido pelos palestrantes Vilson Cechetti e Deivid Freitas. Uma tarde recreativa com pescaria e piquenique é a atividade oferecida na quinta-feira (5) no Sítio Sardá. A programação encerra na sexta (6) com o Sarau Anos Dourados no salão da Igreja São Judas Tadeu com início às 13h30.

De acordo com a secretária da SEADES, Danielle Zanella, todos os idosos que participam de grupos e dos serviços dos CRAS foram convidados. “Além disso, estamos mobilizando toda comunidade rio-sulense da terceira idade que deseja participar. É um momento único, de lazer, convivência, com atividades culturais e esportivas” comenta a secretária.

Rio do Sul é a nona melhor cidade do Brasil com até 100 mil habitantes em índices de qualidade de vida para pessoas acima de 60 anos, como mostra estudo do Instituto de Longevidade Mongeral e a Fundação Getúlio Vargas (FGV/SP) divulgado no início do ano. Conforme a secretária Danielle, Rio do Sul fará jus ao ranking e continuará a valorizar este público e manter o bom desempenho do município.

“Com a Semana do Idoso, temos como objetivo sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e a necessidade de proteger e cuidar da população mais idosa”, conclui a secretária.

Comentários