FACISC debate impostos para setor de costura no Alto Vale

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Em parceria com as Associações Empresariais do Alto Vale, a FACISC realiza esta semana debates para colocar em discussão a incidência do ISS para atividades de costura e acabamento (Lei Complementar 157/2016).

Os debates acontecem nos municípios de Agrolândia, Taió, Rio do Sul e Presidente Getúlio. Na manhã desta quarta-feira (11/10) o evento foi realizado na sede da Associação Empresarial de Rio do Sul (ACIRS) e contou com a presença do vice-presidente da regional Alto Vale Alex Detlev Ohf.

As palestras são ministradas por Márcia Luz, que é assessora jurídica da Federação, advogada especialista em Direito Tributário pelo Instituto Brasileiro de Estudos Tributários – IBET/SC. Especialista em Planejamento Tributário pela Fundação Getúlio Vargas – FGV e graduada em Direito pela Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL.

“Essa alteração que foi introduzida na lei complementar 157, em relação ao ISS, majora a carga tributária de várias atividades entre elas do setor têxtil, de facções. Em uma esfera econômica pode prejudicar diretamente a economia do país, já que ela é de aplicação geral”, explica a advogada.

A Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina tem reunido empresas, associadas ao sistema por meio das Associações Empresariais, no intuito de discutir essa cobrança perante o judiciário, por acreditar ser inconstitucional.

“A FACISC já está adotando medidas. Fizemos um movimento de congregar toda a documentação possível para instruir uma ação judicial em favor de todas as associações que têm em sua região o setor de facções. Ela vai ser interposta nessa semana”, conta a advogada Márcia Luz.

O evento conta com o apoio da União Europeia por meio do programa de cooperação Al Invest 5.0, gerenciado pela Câmara de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo (CAINCO), Santa Cruz, Bolívia, cujo objetivo é promover o desenvolvimento das micro, pequenas e médias empresas em toda a América Latina.

Crédito foto: ACIRS

 

Comentários