ADR : R$ 6,3 milhões para o Programa Menos Juros

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O Programa Menos Juros, lançado pela Secretaria de Estado da Agricultura, teve os dois primeiros pedidos de pré-enquadramento assinados na Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Taió, nesta quarta-feira, 22. Os seis municípios que compõem a ADR têm cota disponível de R$ 6,3 milhões. “É mais uma oportunidade para o agricultor continuar investindo em sua propriedade e agregar valor à produção”, disse o secretário executivo em exercício Moacir Oenning.

O Menos Juros possibilita que os produtores rurais, pescadores e maricultores, enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), contraiam financiamentos de até R$ 100 mil, com oito anos de prazo para pagamento, sendo que a Secretaria da Agricultura pagará os juros, num limite de 2,5% ao ano.

O gerente de Políticas Socioeconômicas Urbanas e Rurais, Alcides Pivatto, falou que os dois pré-enquadramentos assinados são de produtores de Taió e somam R$ 130 mil. “Os produtores interessados devem procurar os escritórios da Epagri nos municípios, para a elaboração de projetos. A ADR é responsável pela assinatura do pré-enquadramento, controle das cotas e tramitação de documentos”, explicou Pivatto.

Programa Menos Juros

O Programa apoiará projetos de captação e armazenagem de água da chuva; construção e ampliação de pequenas agroindústrias; maricultura; pesca artesanal; piscicultura; turismo rural; avicultura; apicultura; ovinocultura; caprinocultura; suinocultura; produção de leite e carne a base de pasto; aproveitamento de dejetos da produção intensiva de animais; fruticultura; olericultura; plantas ornamentais; energia alternativa; mecanização agrícola (exceto aquisição de tratores, veículos e calcário); projetos de investimentos para agregação de valor para produção orgânica e empreendimentos apoiados pelo Programa SC Rural.

 

Comentários