Semana da Conciliação encerra com sucesso e acordos de R$ 11 milhões

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Uma solenidade no Largo da Alfândega, área central da Capital, ao final desta tarde (1º/12), marcou o encerramento da Semana Nacional da Conciliação em Santa Catarina. Segundo o desembargador Jânio de Souza Machado, coordenador do Sistema dos Juizados Especiais e Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Resolução de Conflitos do TJ, o evento foi marcado pelo sucesso, principalmente mediante parcerias estabelecidas com outros órgãos públicos e representantes da sociedade civil e das Forças Armadas.

“O resultado obtido está atendendo ao propósito: divulgar a importância da conciliação e conscientizar as pessoas acerca da pacificação social”, garantiu o magistrado em discurso. Números ainda preliminares dão conta da homologação de acordos que suplantaram a marca de R$ 11 milhões. A organização do evento também contabilizou mais de 11 mil atendimentos prestados somente na capital nestes últimos cinco dias, com a participação de importantes parceiros que desenvolveram intensa ação social no centro da cidade.

O desembargador também ressaltou a parceria com a OAB/SC como indicativo de alcance do propósito, pois mostra o quanto é possível a participação da advocacia no movimento da conciliação. Ele exaltou igualmente a presença da banda do 63º Batalhão de Infantaria, regida pelo subtenente Marcos Aurélio Justino, a qual agraciou a todos que passavam pelo espaço com belíssimas e diversificadas músicas.

O procurador-geral do município, Diogo Pitsíca, que na ocasião representou o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, demonstrou bastante satisfação com o evento, responsável por resgatar aos cofres municipais cerca de R$ 1 milhão em impostos atrasados. “Esse é um dinheiro que retorna para a sociedade e vem de forma a evitar que o jurisdicionado seja encaminhado para um processo penoso. É momento de orgulho, democrático, de solução e aprimoramento da máquina estatal”, garantiu o procurador.

Ao encerrar a solenidade, o desembargador Jânio Machado foi incisivo: “Essa ideia da conciliação nacional é uma ideia que veio para ficar”. Também participaram da solenidade o juiz Antônio Zoldan da Veiga, coordenador estadual da Semana Nacional da Conciliação; a tenente-coronel Márcia Regina, representante do comando da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada; o advogado Álvaro Luís Carlini, vice-presidente da Comissão de Mediação e Arbitragem da OAB/SC; e Michael da Silva, diretor do Procon estadual.

Comentários