Nova rodovia de concreto promete durar 50 anos

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Chama a atenção de quem trafega pela SC-114, as obras de reconstrução da rodovia  no trecho de 36 quilômetros entre Otacílio Costa e a BR-282. Todo o trecho da rodovia está sendo refeito de concreto, sobre o antigo asfalto.  A obra está sendo executada pelo consórcio SBS Dalba, que vai receber do Governo de Santa Catarina, R$ 78 milhões, até setembro de 2019, prazo de conclusão da obra.

 

A nova SC-114 terá aspectos técnicos pouco comuns no Brasil. O pavimento rígido, de concreto armado, suportará o trânsito intenso de caminhões pesados, o que é bastante normal na região. A rodovia terá mais resistência e durabilidade, com uma vida útil superior a 40 anos – quatro vezes mais que um asfalto comum, cuja validade é de aproximadamente 10 anos.

A reconstrução é um antigo anseio dos moradores, produtores, empresários e turistas, já que a SC-114 liga duas das principais rodovias federais de Santa Catarina: BRs 282 e 470. Em Santa Catarina, a nova SC-114 equipara-se a pavimentos utilizados em montanhas, como a Serra do Rio do Rastro, entre Bom Jardim da Serra e Lauro Müller; o acesso ao Morro da Igreja, em Urubici; e o trecho em pavimentação na Serra do Corvo Branco, entre Urubici e Grão-Pará.

Poucas empresas no Brasil são especializadas neste tipo de serviço, e como a obra será financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), foi necessário fazer uma licitação pública internacional. A obra integra o Pacto por Santa Catarina, pacote de ações criado em julho de 2012 pelo governador Raimundo Colombo e que é o maior programa de investimentos em infraestrutura na história do Estado.

 

 

Comentários