Pardais voltam a multar nas rodovias de SC

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Os pardais das rodovias federais federais do Brasil voltaram a registrar multas. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) publicou nesta quinta-feira (28) uma portaria que declara situação de emergência no serviço de fiscalização de controle de velocidade.

A medida vale a partir da próxima quarta-feira (03). O atual contrato chega ao fim um dia antes. O objetivo do novo adiamento busca “a garantia da segurança dos usuários das rodovias federais sob administração do Dnit”. Mas, para evitar um novo desligamento dos pardais, a autarquia ainda precisa assinar o novo contrato. A empresa Kopp Tecnologia tem vínculo com o Dnit no Rio Grande do Sul desde 2010 e o contrato já foi prorrogado três vezes.

Os controladores de velocidade foram desligados em 11 de novembro por falta de dinheiro para pagamento das empresas donas dos pardais. A prorrogação será necessária por causa da impossibilidade de conclusão da nova concorrência do serviço de fiscalização eletrônica. A disputa foi lançada em maio do ano passado e já foi interrompida e reaberta ao menos quatro vezes devido a ações na Justiça. Em Santa Catarina, os pardais controlam 118 faixas de tráfego.

 

Comentários