Acusado de esfaquear homem na frente da família é preso

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Uma ação conjunta entre policiais da Agência de Inteligência da Polícia Militar e da Polícia Civil resultou, na noite desta segunda-feira (15/01), na prisão de Adelir José Siqueira, de 32 anos. Ele é acusado de matar Jaison Moacir Volpi, de 36 anos, no último sábado, em Massaranduba.

O suspeito, com a ajuda de amigos e familiares, estava escondido num matagal na localidade de Segundo Braço. O local foi monitorado e o homem foi preso. Ele foi reconhecido por várias testemunhas que presenciaram o crime.

O homem de 32 anos foi levado para a delegacia de Guaramirim, local em que confessou a autoria do crime. Ele relatou que desferiu a facada na vítima após provocar um acidente sob o efeito de álcool. O suspeito não possui outras passagens criminais.

 

Jaison Moacir Volpi morava em Massaramduba

Homem é morto a facadas na frente da família

O técnico na WEG em Jaraguá do Sul e morador do bairro Guarani-Mirim em Massaranduba, Jaison Moacir Volpi, 36 anos, foi a vítima do primeiro homicídio na microrregião em 2018. A reportagem é do jornal O Correio do Povo.

Pai de dois filhos, ele está sendo velado desde o começo da tarde deste domingo (14) na Capela da Igreja Sagrado Coração de Jesus, no bairro Guarani-Mirim, em Massaranduba. O sepultamento será às 10h desta segunda-feira, no cemitério do mesmo bairro. Além dos filhos, ele deixa enlutados a mulher, os cunhados, os pais, demais parentes e amigos.

O crime

Jaison morreu na madrugada de domingo no Hospital São José, em Jaraguá do Sul, horas depois de ser brutalmente esfaqueado por um motociclista alterado em frente a uma lanchonete. O crime ocorreu por volta das 20h de sábado (13) próximo ao cruzamento entre as ruas 11 de Novembro e da Integração, no Centro de Massaranduba.

De acordo com o relato de testemunhas à rede OCP News, Volpi estava com alguns familiares no estabelecimento quando percebeu que seu veículo foi atingido por uma motocicleta Yamaha YBR, de cor azul. “O motociclista veio de moto no sentindo Centro/Guaramirim e, quando chegou no sinaleiro, se perdeu e colidiu contra o carro de Jaison que estava estacionado”, disse um dos familiares.

A família saiu do estabelecimento para verificar a situação do veículo. De acordo com testemunhas, o causador do acidente apresentava sinais de embriaguez e queria deixar o local da colisão. O motociclista disse para ninguém avisar a Polícia Militar, mas a Jaison disse que chamaria a PM. Neste momento, o motociclista retirou uma faca de dentro de uma mochila e desferiu uma facada contra a região do peito da vítima. Um dos familiares ainda tentou acertar o autor da facada com um objeto, mas ele conseguiu fugir. O cunhado de Jaison saiu de carro e, cerca de 800 metros distante do local, conseguiu chamar a Polícia Militar.

O homem esfaqueado estava deitado quando os bombeiros voluntários chegaram para socorrê-lo. “No momento do atendimento o estado dele era estável. Foram realizados os procedimentos de hemorragias e o paciente foi transportado ao P.A de Massaranduba para maior avaliação. Depois ele foi transferido ao Hospital São José”, relatou um dos bombeiros. Um dos parentes disse que Jaison estava com um corte profundo e recebeu bolsa de sangue. “Ele foi colocado na UTI do Hospital São José em coma induzido, mas não resistiu e morreu”.

A procura pelo assassino

A família da vítima foi à Delegacia de Polícia de Jaraguá do Sul ainda na manhã de domingo. Conforme o boletim de ocorrência, o autor da facada é magro e tem cerca de 1,75 m. Testemunhas relataram que o autor do crime trabalhava em uma indústria de banana, no bairro Patrimônio, em Massaranduba.

Segundo familiares da vítima, até o fim da noite deste domingo o autor do crime não havia sido localizado. Câmeras de um estabelecimento comercial flagraram o acidente e o esfaqueamento.

 

Comentários