Pinho anuncia “desativação” de 15 Secretarias Regionais

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Quatro Agências de Desenvolvimento Regional desativadas ficam no Vale do Itajaí 

O Governador em exercício, Eduardo Pinho Moreira (PMDB) anunciou na manhã desta quarta-feira, 20/02, a desativação de 15 Agências de Desenvolvimentos Regionais, as ADRs e quatro Secretarias Executivas. Estão na lista as “Regionais” de: Itapiranga, Palmito,  Dionísio,  Quilombo, Seara, Caçador, Ituporanga,  Taió, Ibirama, Timbó, Brusque,  Laguna, Braço do Norte, Canoinhas e São Joaquim. 

O Governo pretende diminuir os custos do Estado, mas os gastos das  Agências de Desenvolvimento Regional cresceu R$ 40 milhões de 2015 para 2016. Serão 185 cargos exonerados,  uma redução de 20% dos comissionados que deve gerar uma  economia de 15 milhões só com pessoal, são cerca de 45 milhões ao todo, contando a estrutura.

Moreira anunciou a desativação de 19 pontos de saída de recursos, sendo 15 Agências de Desenvolvimento Regional e quatro Secretarias Executivas de Estado. Segundo o governador, a medida representa a redução de 185 cargos comissionados e uma economia anual de aproximadamente R$ 50 milhões. Eduardo Pinho Moreira falou ainda dos investimentos em obras estruturantes em andamento pelo Estado.

Moreira destacou que os gestores públicos terão um ano que vai exigir pleno controle de despesas por conta das Leis de Responsabilidade Fiscal (LRF) e eleitoral. Com a mudança, as antigas SDRs voltarão a ser como em 2002 pelo ex-governador Luiz Henrique da Silveira. As três ADRs do Alto Vale do Itajaí (Taió, Ituporanga e Ibirama) serão incorporadas pela ADR de Rio do Sul.

As ADRs de Itapiranga e Dinísio Cerqueira serão incorporadas pela ADR de São Miguel do Oeste, as de Laguna e Braço do Norte, serão agrupadas pela ADR de Tubarão e as de Timbó e Brusque, pela ADR de Blumenau.Palmitos – Maravilha; Quilombo – Chapecó; Seara – Concórdia; Caçador – Videira; Canoinhas – Mafra  e São Joaquim – Lages

O ato por decreto também desativa as  Secretarias Executivas  da Articulação Estadual, Assuntos Internacionais,  Assuntos Articulados e Assuntos Vinculados.  As medidas entram em vigor dia 01 de março. 

FOTOS: Douglas Rossi/RCN

 

Comentários