DEAP desrespeita vagas de ambulância em Hospital

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O Departamento de Administração Prisional (DEAP) desrespeita vagas de emergência para ambulâncias no Hospital Santo Antônio, em Blumenau.

Rotineiramente, sempre que há necessidade do encaminhamento de detentos das unidades prisionais de Blumenau, tanto do Presídio Regional, quanto da Penitenciária Industrial, agentes do Departamento de Administração Prisional (DEAP) deixam suas viaturas estacionadas em vagas destinadas exclusivamente para pacientes em situação de emergência no Hospital Santo Antônio (HSA), em Blumenau.

O local é utilizado por ambulâncias do Corpo de BombeirosSAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), pela Central de Ambulâncias do Município, particulares e de planos de saúde. Desrespeitosamente agentes deixam a viatura no local até que o detento encaminhado ao hospital seja atendido e liberado da unidade hospitalar, e isso pode levar horas, como ocorreu nesta quarta-feira (28).

O site  Notícias Vale do Itajaí foi comunicado da situação,  onde receberam  foto da leitora Lucimar dos Santos, que afirma ter ficado horas aguardando atendimento para seu filho e durante todo o tempo a viatura do DEAP ficou estacionada no lugar exclusivo para viaturas de emergência em saúde. “Presenciei inclusive congestionamento de ambulâncias que necessitavam da vaga e tiveram que desembarcar os pacientes pela recepção do Pronto Atendimento”, afirma Lucimar.

“Assim que entravam no espaço, desembarcavam as pessoas doentes ou feridas e tinham que sair de ré, por que a caminhonete estava ali atrapalhando. Achei isso um absurdo” concluiu a leitora. Em uma das fotos enviadas mostra uma viatura do Corpo de Bombeiros, que teria encaminhado ao HSA uma pessoa ferida e também uma ambulância da Unimed que precisou deixar um paciente no local.

Comentários