Empresário de Ituporanga suspende construção de estátua

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O empresário Silvio Prim, proprietário da empresa Proaço, suspendeu a construção de uma estátua de Nossa Senhora de Lourdes, que seria erguida em uma Gruta,  que leva o nome da santa, no município de  Ituporanga. Na última segunda-feira (02/03) o empresário divulgou uma nota na imprensa e nas redes sociais esclarecendo os motivos que o levaram a tomar a decisão.

Em nota divulgada pela Rádio Sintonia, o empresário justifica que a sua iniciativa foi mal interpretada por algumas pessoas que aproveitaram para “jogar o empresário contra a comunidade”.

 

O assunto foi debatido na sessão da Câmara de Vereadores, que inclusive aprovara uma Moção de Aplauso, agradecendo a  iniciativa do empresário pela construção da imagem, que incrementaria  o turismo religioso do município de Ituporanga.

O vereador Adriano Coelho (PP) ressaltou que depois de todos os comentários que saíram em redes sociais, o empresário se sentiu ofendido. “Eu concordo com ele, foram tentativas de ofensa à ele. Sei também da responsabilidade do município, mas é uma boa ação de um empresário que injeta muito dinheiro em Ituporanga, com a folha de pagamento dos funcionários e também com impostos”, comentou.

O vereador Édio Daniel Fernandes “Edinho (MDB) esclareceu que é louvável a Moção de Aplauso, indicada pelo vereador Leandro, e que a bancada do MDB é favorável. “Até para derrubar os comentários de que seríamos contra a construção da imagem na Gruta, nós somos absolutamente a favor. Somos favoráveis a tudo que venha gerar renda para o município, principalmente na área do turismo, e esse será um ganho enorme para a cidade.”, finalizou.

 

Comentários