Núcleo de Jovens Empreendedores da ACIRS planeja Feirão do Imposto 2018

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

 A campanha deste ano tem o tema “Pague 2, leve 1” e busca impactar as pessoas sobre a destinação do dinheiro arrecadado com os impostos

 Em 2018 serão promovidas ações para impactar a população, conscientizando da maneira como o dinheiro público é empregado, em obras inacabadas, superfaturadas e em serviços mal realizados.

Em Rio do Sul, o Feirão do Imposto possui novamente o apoio do Observatório Social, entidade que tem como objetivo melhorar a aplicação do dinheiro público, por meio do monitoramento e conscientização dos recursos destinados ao município.

“Unir forças com o Observatório Social no movimento do Feirão do Imposto se faz importante para que possamos reforçar nossas capacitações sobre educação fiscal. Além de enfatizar a importância da sociedade em assumir seu papel de protagonista para ajudar na gestão pública da cidade e acompanhar a aproveitamento dos recursos públicos gerados pelos impostos”, conta a coordenadora do Feirão do Imposto em Rio do Sul, Kathia Alexandre.

Os Jovens Empreendedores buscam para o Feirão 2018, realizar uma campanha que impacte as pessoas sobre como o dinheiro arrecadado com impostos poderia, por exemplo, diminuir o tempo da realização de obras inacabadas como a BR-470/SC.

Para discutir como chamar a atenção dos rio-sulenses, para o projeto, o Núcleo trouxe o presidente do Observatório Social de Rio do Sul, Jean Sandro Pedroso e o coordenador do Núcleo de Inovação da ACIRS, Gabriel de Borba Neto.

“No ano passado tivemos o apoio do Observatório, que ajudou a tornar essa ação mais forte, na nossa região. Acreditamos que em 2018 isso não será diferente e iremos realizar novamente um movimento de impacto para a sociedade. Como a proposta do feirão esse ano é abordar a ineficiência em obras públicas, nada melhor do que termos aliados como esse”, afirma o coordenador do Núcleo de Jovens Empreendedores da ACIRS, Lucas Manoel Fronza.

O Feirão do Imposto nasceu em 2002 em Santa Catarina e desde lá o projeto, busca mostrar ao consumidor, de forma prática, a realidade sobre os tributos pagos. Em 2017 o projeto atingiu 190 cidades do Brasil. Rio do Sul foi responsável por recolher 700 assinaturas para o Movimento Brasil Eficiente. Campanha que busca colher assinatura para simplificar os impostos e pela gestão eficiente dos recursos pelos governos.

O dia D da campanha acontecerá em 19 de maio por todo o país. No Alto Vale serão realizadas ações durante todo o mês para conscientizar a sociedade. Entre as atividades que o Núcleo está planejando estão palestras em diferentes cidades da região.

TEXTO: Dauani Schmitz

Comentários