O auto da compadecida é encenado por estudantes de teatro

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Releitura da obra de Ariano Suassuna será apresentada dias 19 e 20 de abril, na Fundação Cultural de Rio do Sul

O auto da compadecida, obra do grande escritor e dramaturgo brasileiro Ariano Suassuna, terá mais duas sessões da releitura desenvolvida pelo curso de Teatro Adulto da Fundação Cultural de Rio do Sul. As apresentações serão nos dias 19 e 20 de abril, às 20h, no Espaço Alternativo. A entrada é gratuita e haverá a distribuição de ingressos meia-hora antes do evento. A classificação é de 14 anos.

A história é narrada por um palhaço e começa com Chicó e João Grilo tentando convencer o padre a benzer o cachorro da mulher do padeiro. João representa o povo que tenta sobreviver no sertão usando sua principal arma, a inteligência. A peça é apresentada em forma de auto – gênero da literatura que trabalha com elementos cômicos e tem intenção moralizadora. O enredo cria cenas que vão do trágico ao satírico em situações frente à seca, a ameaça da fome e a presença de cangaceiros. Elementos da literatura de cordel e a típica oralidade do sertanejo estão presentes no texto que se une à caracterização regional para dar forma a esta releitura que leva ao palco novos talentos e o resultado das aulas e ensaios na Fundação Cultural.

O auto da compadecida (da obra de Ariano Suassuna)

Com o curso de Teatro Adulto

19 e 20 de abril, 20h

Fundação Cultural de Rio do Sul

Gratuito (distribuição de ingressos meia-hora antes do evento)

Classificação: 14 anos

 

Comentários