Ruas de Rio do Sul receberão obras de esgotamento sanitário

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

As primeiras semanas de maio já têm cronograma de trabalho definido pela empresa Itajuí Engenharia de Obras, que executa a implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) em Rio do Sul.

Novas frentes entram em ação na rua Jacó Finardi e na avenida Governador Ivo Silveira e alameda Aristiliano Ramos. Além disso, as obras chegarão também às ruas Humaitá, Nilton Novaes, à travessa Paulo Ledra e à ladeira Paraná.

Da mesma forma que em outras vias afetadas, as obras contam com apoio do Projeto Socioambiental, que mantém a população informada a respeito da programação e orientações durante o andamento da implantação da rede. Para isso, uma psicóloga e uma educadora ambiental visitam casas, esclarecem dúvidas e informam os benefícios do esgotamento sanitário.

O engenheiro sanitarista da Casan, Rangel Barbosa, ressalta que o cronograma é definido quinzenalmente, porém, pode sofrer alterações. “Além das condições climáticas, há casos em que as equipes encontram interferências, como drenagens, redes de fiação telefônica ou elétrica, e isso também pode interferir”, aponta ele. Qualquer dúvida pode ser esclarecida através do telefone 3531-1001 ou do e-mail [email protected] .

O SES beneficiará 35.240 habitantes em Rio do Sul e prevê a instalação de 11.507 ligações domiciliares, que atenderão o Centro da cidade e os bairros Eugênio Schneider, Boa Vista, Santana, Jardim América, Laranjeiras, Canoas, Pamplona, Progresso, Canta Galo e Fundo Canoas.

Comentários