Prefeitura cede espaço para atendimento telefônico do CVV

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

A prefeitura de Rio do Sul cedeu ao Centro de Valorização da Vida (CVV) uma sala para atendimento telefônico dos voluntários. É uma iniciativa de apoio do prefeito José Thomé e a da secretária de Saúde, Sueli de Oliveira, ao grupo que realiza um trabalho importante de apoio emocional e prevenção do suicídio.

O local é apenas para atendimento por telefone, que está disponível pelo número 188. É um serviço voluntário, gratuito e todas as pessoas que querem e precisam conversar podem entrar em contato, sempre com total sigilo.

O CVV é uma entidade sem fins lucrativos e que depende do voluntariado. Em Rio do Sul, é mantido pela ONG Despertar, que já buscava uma sala para atendimento telefônico. “Viemos trabalhando juntos desde o ano passado, discutindo alternativas. E agora, estamos podendo ceder um espaço através de contrato com a prefeitura”, explicou Thomé.

Durante reunião no gabinete, o grupo demonstrou interesse na parceria para eventos de divulgação. A secretária Sueli lembra que as ações serão planejadas para ampliar a informação e a divulgação do serviço da entidade.

Novos voluntários para auxiliar no trabalho do CVV são bem-vindos, bastando ter 18 anos ou mais e um tempo livre. Haverá uma capacitação para novos voluntários no segundo semestre deste ano, com data a ser definida. Mas os interessados podem entrar em contato através do e-mail [email protected] ou na página do Facebook: CVV Rio do Sul.

 

Comentários