UDN: Vem aí, um novo partido com velho nome

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Lideranças conservadores de SC iniciam movimento para criar mais um partido político no Brasil

A cidade de Lages, sediou no último dia 10 de março, a formação de mais um partido político  no Estado de Santa Catarina. A ideia é retomar o nome e alguns conceitos da antiga UDN, União Democrática Nacional. A assembleia foi comandada pelo ex-presidente do PSL de Criciúma, Júlio Lopes. Ele também é pai do deputado Jossue Lopes, do PSL.  O movimento deverá ser seguido por apoiadores da família Bolsonaro, que preferem um partido totalmente conservador, alinhado com as pautas dos costumes e bases morais judaico-cristãs.

A UDN foi um movimento que teve início na época do Estado Novo (1937-1945), se destacou na oposição ao governo Getúlio Vargas e foi extinta em 1964, quando ocupava 97 cadeiras na Câmara Federal e 14 cadeiras no Senado. Apoiou o movimento político-militar de 1964 e foi extinta pelo Ato Institucional nº 2, de 27 de outubro de 1965. A grande maioria de seus parlamentares ingressou na Aliança Renovadora Nacional (Arena), o então partido do governo. Em Santa Catarina, tinha os ex-governadores, Irineu Bornhausen, Heriberto Hülse, Antônio Carlos Konder Reis.

FOTO DIVULGAÇÃO
Comentários