Prefeito de Taió, volta atrás e convoca servidor que foi emprestado ao Governo Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O prefeito de Taió, Almir Reni Guski, convocou o advogado Marcos Vinícius Pereira de Carvalho, para retornar ao trabalho na prefeitura. A administração havia cedido, o servidor municipal para prestar serviços ao Governo Federal, em Brasília, mas o salário, continua sendo pago pelo município. O prefeito justificou a alta demanda de serviços, e a impossibilidade e contratar outro servidor.

Marcos Vinícius Pereira de Carvalho é ocupante de cargo de provimento efetivo de advogado com jornada de 20 horas semanais, mas está exercendo serviços no Ministério da mulher da família e dos Direitos Humanos, desde 11 de janeiro. Ano passado, ele disputou o cargo de primeiro suplente de senador na Chapa pura do PSL, o que garantiu o no novo governo.

 

Comentários