Câmara arquiva denúncia contra o prefeito de Ituporanga

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Vereadores arquivam denúncia contra o prefeito de Ituporanga

Com quatro votos contrários e sete favoráveis, a Câmara de Vereadores de Ituporanga, rejeitou o pedido que poderia cassar o mandato político do prefeito Osni Francisco de Fragas, o Lorinho, do PSDB. Para instalar a comissão processante, seria necessário oito votos favoráveis.

A surpresa foi o voto do vereador Leandro Heinzen (PSB), que foi contra. Para o vereador Marcelo Machado do Progressista, lamentou a decisão. Para ele o julgamento seríssimo e repleto de graves denúncias, acabou sendo inviabilizado. “Só estávamos cumprindo com nosso dever de fiscalizadores, dando até mesmo, o amplo direito de defesa ao denunciado. O processo era político sim, mas completamente legal.”, disse Machado. Leandro Heinzen, que preside a CPI do Lixo, que está em andamento na casa. Para Machado, a decisão de Heizen colocou em “xeque” a credibilidade das investigações.

Comentários