Mulher que matou irmã por engravidar do seu marido vai cumprir prisão

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Mais de 16 horas de debates foram necessárias para sentenciar a mulher de 33 anos acusada de matar a irmã, 18 anos, em Concórdia, no Oeste. Ela foi condenada a 21 anos e seis meses de reclusão, em regime fechado, por homicídio duplamente qualificado, ocultação de cadáver, corrupção de menores e entrega da direção de veículo a pessoa não habilitada.

O marido da acusada, de 65 anos, foi julgado na mesma sessão. Ele foi condenado a três anos e seis meses de reclusão em regime aberto. Ele foi acusado de subornar uma testemunha de acusação. O filho dos acusados, com 17 anos na época do crime, teria auxiliado a mãe. O adolescente cumpre medida socioeducativa. O crime chocou os moradores de Concórdia há um ano. O motivo teria sido um suposto relacionamento amoroso que o marido da acusada teve com a moça assassinada. Extraconjugalmente, os dois tiveram um filho que conta quatro anos de idade.

Comentários