Justiça condena Deputado Milton Hobus do caso das cadeiras da praça

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O deputado estadual, Milton Hobus (PSD), foi condenado pela 4ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, por improbidade administrativa devido a fraude em uma licitação quando ainda era prefeito de Rio do Sul, em 2006. Ele perdeu os direitos políticos e terá que devolver aos cofres do município, a quantia de R$ 27 mil e pagará uma multa na mesma quantia.

O processo licitatório envolvia a compra de bases para mesas e cadeiras tubulares para revitalização de uma praça, mas, de acordo com os autos do processo, os objetos foram instalados desde dezembro de 2005, antes da licitação.

Durante o processo a defesa de Hobus admitiu que os objetos estavam instalados em data anterior a licitação, porém, o argumento é que a praça precisava de mesas e cadeiras para ser inaugurada, as quais foram emprestadas por uma empresa, que posteriormente acabou vencendo o processo licitatório para a aquisição das mesmas.

Milton Hobus não respondeu à nossa reportagem, ao grupo NSC ele afirmou ao que seus advogados irão recorrer da decisão. O ex-prefeito de Rio do Sul disse que uma ação popular a respeito do assunto já havia sido julgada improcedente e garantiu que não houve dano ao erário.

Comentários