Taió se prepara para sediar simulado do Exército

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Taió se prepara para sediar simulado do Exército junto com Indaial

O município de Taió será o cenário do Exército Brasileiro para fazer um simulado de ajuda humanitária. Os exercícios serão realizados simultaneamente em duas cidades, além do território taioense, as Forças Armadas também estarão com atuação em Indaial. A situação simulada envolverá uma série de treinamentos que reunirão ainda Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Samu e Defesa Civil Estadual.  

Todos os setores da Prefeitura e a Defesa Civil de Taió também participarão, o Plano Municipal de Contingência será colocado em prática, já que o simulado é uma exigência do Plano e nunca foi cumprido em Taió. O simulado vai iniciar no dia 02 e segue até o dia 08 de agosto, os exercícios vão retratar diversas situações, os alertas meteorológicos começam no primeiro dia, o Exército chega ao Município de Taió no dia 05, a simulação dos exercícios militares inicia às 12h do dia 06 de agosto e seguirá até as 17h do dia 07 de agosto.

Rompimento da Barragem Oeste será ponto alto do Simulado

 Entre os exercícios simulados, estão rompimento de barragem, resgate, construção de ponte móvel, evacuação de escola, entrega de alimentos entre outros. Exercícios noturnos também estão previstos na programação. O simulado envolverá cerca de 700 homens ligados a 14ª Brigada de Infantaria Motorizada do Exército Brasileiro, além da estrutura de botes, helicóptero, cavalaria e engenharia de pontes. 

A estrutura do treinamento deve reunir uma aeronave da Polícia Civil, uma aeronave dos Bombeiros Militares, duas aeronaves da Polícia Militar, duas viaturas do Samu e um Centro de Triagem e Tratamento, dois botes e duas viaturas da Marinha, uma viatura e uma embarcação da Defesa Civil de Taió e mais 60 viaturas do Exército Brasileiro.

 A presença do Exército entre os dias 05 e 08 de agosto será somente para simulação, portanto a população pode ficar tranquila. O treinamento que será realizado em Taió e Indaial, além de ajudar as Forças Armadas a conhecerem melhor o território de Taió, na hipótese de desastres naturais, servirá de exercício para que o Exército atue com ajuda humanitária em qualquer lugar do Brasil, ou missão internacional de desastres naturais quando for solicitado.

Comentários