“Faltômetro” pretende conscientizar ausências em consultas

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Saúde terá “faltômetro” para conscientizar sobre ausência em consultas agendadas

Estimativa da Secretaria de Saúde de Rio do Sul é que em torno de 20% dos atendimentos não são feitos por conta de falta sem aviso prévio. A cada 10 pacientes com consultas médicas agendadas em unidades de saúde de Rio do Sul, dois não comparecem e não fazem um aviso prévio. O número pode parecer pequeno, mas com uma estimativa de atendimento de mil pessoas diariamente em todas as unidades de saúde nos bairros, UPA 24h, CAM, CAPS e Policlínica, o índice de faltantes é bastante considerável.

Para alertar os pacientes sobre a importância de avisar com antecedência que não poderá comparecer à consulta agendada, a Secretaria de Saúde lançou o “Faltômetro”, que é um painel fixado na recepção das unidades e que serão atualizados mensalmente com o total de faltas. O slogan é “A consulta que você falta, faz falta para alguém”.

As informações são válidas para atendimentos de médicos, dentistas, enfermagem, psicólogo, nutrição, preventivo, fonoaudiologia e acolhimento de saúde mental. Em todos os setores, o índice de faltantes que não informam antecipadamente é de 15% a 20%.

A falta de um paciente exige atenção por parte das equipes de saúde, que ou fazem encaixes, ou pode inclusive gerar ociosidade dos profissionais. Não é o mais adequado já que existem demandas de clínica geral ou especialidades diariamente.

Comentários