Acidente tira vida de enfermeira na BR 470

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Um acidente por volta das 6h30 da manhã desta quarta-feira, 04/12, tirou a vida da enfermeira Crisleine Santos, 34 anos. Ela trafegava pela rodovia BR 470 num veículo Renault Clio com placas de Rio do Sul e colidiu contra um caminhão Mercedes Benz 1513. com placas de Trombudo Central.

O acidente aconteceu no km 142,6 da BR 470 em Rio do Sul. O local é conhecido como “curva do S”.  De acordo com a Policia Rodoviária Federal (PRF), Cris, que trabalhava em Laurentino, morreu no local. O motorista do caminhão saiu ileso.

Na quarta-feira, da semana passada, Cris compartilhou em seu perfil no Facebook do poema “NÃO SEI” de Cora Carolina. O texto fala sobre o tempo de vida.

 

“Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silencio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar.

Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina…”

– Cora Coralina

Comentários