Vereadores querem barrar obras da CASAN em Salete

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Depois de analisar e aprovar o projeto da nova captação de água da CASAN em Salete, agora, com a obra em andamento e falta de água, os vereadores do MDB/PSL são contra o investimento.

Justamente, quando o município vive uma prolongada estiagem e precisa do novo ponto de captação. A obra da nova captação do município de Salete avança  e deve entrar em operação  em na próxima semana.

Os parlamentares contestam os estudos da própria CASAN sobre a qualidade da água a ser captada e apresentaram uma denúncia ao Ministério Público. Isso poderá atrapalhar a obra em andamento e prejudicar a população, se o abastecimento for interrompido.

A Companhia diz que há uma tentativa de aproveitamento em função das dificuldades todas do momento – estiagem aumento de consumo, coronarirus e a CASAN precisa se ater às questões técnicas. A CASAN  atesta a analise, a qualidade e a tecnicidade do trabalho que está sendo realizado na cidade, tecnicidade essa que embasou o projeto da nova captação.

NOTA DA CASAN

Os resultados dos parâmetros analisados, conforme consta em laudo, permitem classificar o corpo hídrico como sendo de Classe II, conforme padrões estabelecidos na resolução CONAMA 357/2005, e, portanto, pode ser destinado a consumo humano após tratamento convencional, que é o tratamento aplicado pela CASAN na ETA de Salete.

Reafirmando o compromisso com a distribuição de água de qualidade atendendo legislação específica de potabilidade da água para consumo humano, informamos que o início da operação da captação emergencial será supervisionado por técnicos da SRN/GOPS/SOMAG (Setor de Operação e Manutenção de Água), que possuem vasta experiência no ramo de
tratamento de água.

Por fim, reiteramos que a captação emergencial em execução no município de Salete é alternativa técnica adequada em termos de vazão, qualidade, custos e tempo para implantação e operação.

Respeitosamente

Rangel Barbosa
Engenheiro Sanitarista e Ambiental
Superintendente Regional Norte/Vale


O assunto foi parar nas redes sociais e na discussão, os vereadores, que fazem oposição a  administração local, tentam responsabilizar o município de Salete, que autorizou a obra com o aval dos próprios vereadores.

 

Clique para acessar o MP-CONTRA-CASAN-SALETE.pdf

Comentários