Anuncie aqui!
Publicado há 16:06 | Atualizado em 21/05/20 às 05:05

Defesa Civil explica paralisação do radar de Lontras

A Secretaria de Defesa Civil de Santa Catarina, emitiu nota sobre a situação do Radar do Vale, que fica em Lontras. O equipamento está sem funcionar desde fevereiro, quando, depois de uma vistoria se percebeu o desgastes de algumas peças, que estão sendo fabricadas sob medida em São Paulo. A nossa reportagem, a Defesa Civil explicou que a empresa fabricante do radar, não previu a substituição destas peças na manutenção de rotina.

O radar meteorológico de Lontras, adquirido por R$ 10 milhões pelo governo do estado foi  inaugurado em julho de 2014, no dia 19 de janeiro de 2015, foi constatado um problema na fonte de alimentação do equipamento e também passou por um conserto. Leia a nota da SDC de SC.

Nota Defesa Civil de Santa Catarina

A Defesa Civil de Santa Catarina informa que o Radar do Vale (Lontras) teve o funcionamento paralisado em função da necessidade de troca das peças do sistema móvel. A situação foi constatada durante a manutenção preventiva do equipamento. Serão substituídos rolamentos, o eixo da caixa de redução azimutal e um parafuso do pivotamento.

A Defesa Civil ressalta que o monitoramento e emissão de alertas não foi prejudicado. Imagens do Radar do Morro da Igreja, operado pelo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA II) da Força Aérea Brasileira, estão sendo usadas para o monitoramento da área do Radar do Vale. Da mesma forma, com a utilização das imagens geradas pelos radares Oeste (Chapecó) e Sul (Araranguá).

No momento as operações de conserto são na sede da empresa em São Paulo para análise e manufatura das peças. A previsão para a finalização dos trabalhos é no mês de junho.

Destacamos que todas as medidas para a retomada das atividades do Radar do Vale estão sendo tomadas.

Defesa Civil Somos Todos Nós.