Credenciamento da UTI será entregue ao Ministério da Saúde

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Pedido de credenciamento da UTI será entregue ao Ministério da Saúde
O treinamento da equipe que vai atender no setor acontece nesta segunda e terça-feira

A Fusavi (Fundação de Saúde do Alto Vale do Itajaí) está mobilizando a classe política para que interceda junto ao Ministério da Saúde no sentido de credenciar de imediato os 10 novos leitos da Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional de Rio do Sul. Mesmo sem os 20 monitores, que devem chegar até o dia 24, o setor já está em condições de funcionar parcialmente com os que ficam na reserva.O problema é a falta de anestésicos, usados na sedação para a intubação dos pacientes.

O presidente da Fusavi, Osmar Peters, adiantou que depois do documento passar pela Secretaria Municipal de Saúde já está em Brasília. “Fizemos contato com os deputados Rogério Peninha Mendonça e Carmen Zanotto, que preside a Frente Parlamentar Mista da Saúde para que intercedam junto ao ministério”. Ele observou que a chegada das camas e dos respiradores é possível ativar a UTI, mesmo com a situação estando sobre controle. No boletim deste domingo três pacientes estavam internados com a COVID confirmada e um suspeito.

A partir desta segunda-feira (20) inicia o treinamento da equipe que vai atuar na nova UTI do Hospital Regional de Rio do Sul. O gerente-geral, Siegfried Hildebrand adiantou que no final de semana foram montadas as camas, restando ainda os 10 monitores pulmonares, doados pelo Governo do Estado.

Ele explicou que os equipamentos são diferentes dos atuais. “As camas são elétricas e de alta tecnologia, que proporciona mais facilidade no atendimento do paciente”. Os monitores pulmonares são fabricados pela WEG de Jaraguá do Sul. Hildebrand acredita que os respiradores cheguem essa semana já que a empresa importadora efetuou o faturamento.

Comentários