Empresa liga para agricultores pagarem contribuição sindical

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O pagamento da Contribuição Sindical Rural (Pessoa Física) passou a ser facultativo em 2017, isto é, paga quem quer. Mas, entidades sindicais contrataram uma empresa para telefonar aos agricultores e cobrar o pagamento do Imposto Sindical. Em muitos casos, o agricultor paga porque acha que está devendo e esquece que não é obrigado a pagar pelo tributo. 

A Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Santa Catarina (Fetaesc) prorrogaram o vencimento da Contribuição Sindical 2020 devido à pandemia do coronavírus e aos impactos ocasionados à categoria de trabalhadores e trabalhadoras rurais.

Os contribuintes pagaram entre R$ 62,50 e R$ 69,80. A Fetaesc ressalta a importância da Contribuição Sindical para fortalecer as mobilizações do Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR), em defesa dos direitos das famílias agricultoras, contribuindo com todos os integrantes da categoria dos trabalhadores rurais: pequenos proprietários; parceiros, meeiros, arrendatários e diaristas, associados ou não ao sindicato.

De acordo com informações da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o valor da contribuição era pago anualmente e repartido entre os integrantes do sistema sindical rural, nos seguintes percentuais: 60% do valor é direcionado para os sindicatos rurais, 20% para o Ministério do Trabalho, 15% para as Federações de Agricultura e Pecuárias dos Estados e 5% para CNA. 

Agricultor alerta sobre a cobrança:

 

Comentários