APAD divulga nota sobre cão que levou tiros em Taió

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

A  Associação Protetora de Animais Desamparados (Apad) de Rio do Sul, divulgou nota pedindo ajuda para que as pessoas identifiquem os autores de maus tratos. A entidade recebeu pedido de ajuda no último domingo, 26/07.

Uma pessoa do município de Taió, relatou que encontrou um cachorro com ferimentos parecidos com tiro de arma de fogo. Um na cabeça e outro nas costas do animal. Os Bombeiros passaram o contato da Apad, que prontamente liberou clínica veterinária.

Segundo a APAD, a pessoa que pediu auxílio disse que estava apenas de passagem na cidade e não conseguiria trazer o  bichinho até Rio do Sul.

“Nos comunicou que deixou o cãozinho com os Policiais na Sede da Policia Militar da cidade e seguiu viagem. Gostaríamos de alguma informação mais concreta”.

A APAD lembrou que:  quem agiu com tamanha maldade está solto e pode continuar repetindo esse tipo de atrocidade. Fora que “porte de armas” e “maus tratos” animais, é crime previsto em lei!

Comentários