Hospital de Ituporanga recebe cinco novos leitos de UTI

Equipamentos devem ser entregues nessa semana pelo governo do estado e os leitos devem entrar em funcionamento no início do mês de agosto

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O Hospital Bom Jesus (HBJ) de Ituporanga, está na expectativa para receber os equipamentos necessários para ampliar a estrutura de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para atendimento de pacientes com COVID-19. Serão cinco novos leitos habilitados pelo governo do Estado para essa finalidade. A expectativa é que os equipamentos cheguem nessa semana e os leitos entrem em funcionamento na semana que vem.

De acordo com a diretora do HBJ, Irmã Edelir Stupp, os novos leitos serão instalados na Ala de Isolamento Respiratório que está em funcionamento desde o início da pandemia. “Quando começamos a organizar a estrutura do Hospital para atender a população infectada pelo novo coronavirus, que necessitasse de atendimento hospitalar, abrimos essa ala respiratória com 10 leitos e já deixamos metade da estrutura preparada para a ampliação do leitos de UTI”, explicou.

A diretora acrescenta que os quartos já estão equipados com a parte física necessária e a equipe de profissionais já está sendo ampliada. “Só faltam chegar os equipamentos para que nós possamos colocar os leitos em funcionamento. O governo nos garantiu que em 48h, os cinco respiradores e os cinco monitores que serão utilizados estejam na nossa unidade. Isso deve ocorrer até quinta-feira”, relatou.


Os novos leitos serão habilitados por 90 dias podendo haver prorrogação caso a pandemia persista. Com a nova estrutura, o HBJ passará a contar com 15 leitos de UTI no total, sendo que seis deles destinados para atendimento de pacientes com COVID-19.

Nesta quarta-feira, 29, o Hospital Bom Jesus está com nove pacientes internados entre suspeitos e confirmados para COVID-19. São sete pacientes na Ala Respiratória e dois internados da UTI.

 

Comentários