Administração defende aulas presenciais em Taió só em 2021

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O secretário de Educação, João Tadeu Coreia e o prefeito de Taió, Almir Guski, acreditam que não será possível reabrir as escolas da Rede Municipal de Ensino na data prevista, oito de setembro.

O aumento dos casos confirmados de contaminação por Covid-19 em Taió e nos municípios da região, inviabilizam o retorno dos estudantes. 

Na segunda-feira (27/07)  Guski assinou o Decreto que ratifica em âmbito municipal a Resolução que dispõe sobre novas medidas sanitárias preventivas que deverão ser adotadas em todo o Alto Vale.

Fechadas desde meados de março, as escolas de todo o Estado de Santa Catarina tinham previsão de reabertura a partir de 8 de setembro. O plano de retorno das atividades, no entanto, condiciona a volta às aulas à situação da pandemia no estado, além da situação de cada município, que também precisa ser avaliada.

 

Por isso, a avaliação da administração é de que o retorno acontece em 2021. 

Clique para acessar o 1861332_Decreto_n_7162_de_27_de_julho_de_2020.pdf

Comentários