Ministério credencia leitos da nova UTI do Hospital Regional

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

A portaria n° 2.104 foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira

Os 10 novos leitos da Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional de Rio do Sul foram habilitados nesta quarta-feira (12), conforme portaria n° 2.104, publicada no Diário Oficial da União (DOU). O presidente da Fundação de Saúde do Alto Vale do Itajaí, Osmar Peters, recebeu a comunicação da deputada federal, Carmen Zanotto, assim que saiu a publicação.

Desde o dia 27 de julho, quanto a ala entrou em funcionamento, a parlamentar vinha gestionando no Ministério da Saúde a sua regularização. Foram contemplados ainda na mesma portaria os hospitais Santa Isabel com 25 e Santo Antônio com 10, ambos de Blumenau; Bethesda, de Joinville com 10; Sagrada Família, de São Bento do Sul com cinco; e Hélio Ortiz, de Curitibanos com três.

Peters adiantou que a deputada informou na última quinta-feira (7) que o Ministério da Saúde já havia encaminhado a minuta do contrato para publicação no DOU e que isso deveria ocorrer nos próximos dias. “A previsão se confirmou e hoje (quarta-feira) podemos dizer que finalmente a nova ala da UTI está credenciada”.

O presidente da Fusavi observou que Carmen Zanotto teve papel importante neste processo. Esses novos leitos são destinados exclusivamente para receber pacientes com COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus. “O contrato é válido por 90 dias, mas poderá ser prorrogado se houver necessidade”, acrescentou.


Com o credenciamento o hospital terá condições de receber os valores das diárias dos pacientes internados na nova ala. “Como são pessoas que permanecem por muito tempo o Ministério da Saúde estabeleceu R$ 1,6 mil”, explicou Peters. Para a implantação da nova UTI, foram repassados pelo ministério, através do Fundo Municipal de Saúde, o valor de R$ 1,5 milhão. Os recursos foram aplicados na aquisição de 20 leitos, monitores, entre outros equipamentos, com o Estado doando 10 respiradores.

Comentários