Divulgado limite de gasto$ para campanha eleitoral

Em 23 municípios do Alto Vale, candidatos a vereador podem gastar até R$ 12 mil e candidatos a prefeito podem torrar no máximo R$ 123 mil

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o limite de gastos que os candidatos aos cargos de prefeito e vereador deverão respeitar nas eleições municipais deste ano.  Por meio de uma tabela divulgada pelo tribunal, é possível verificar que os valores válidos para a maioria dos municípios da região do Alto  Vale do Itajaí. 

Os candidatos a prefeitos têm limite de gastos R$ 123.077,42 e os candidatos a vereadores, poderão o valor de até  R$ 12.307,75, em 23, dos 28,  municípios que compõem a Amavi.

A regra vale para: Atalanta, Agronômica, Agrolândia, Aurora, Braço do Trombudo, Chapadão do Lageado, Dona Emma,  Imbuia, José Boiteux, Laurentino, Lontras, Mirim Doce, Petrolândia, Pouso Redondo, Presidente Getúlio, Presidente Nereu, Rio do Oeste, Salete, Santa Terezinha, Trombudo Central, Vidal Ramos, Vitor Meireles e Witmarsum.

As exceções são: Rio do Sul, Ibirama, Ituporanga, Taió e Rio do Campo. 

Os candidatos a prefeito em  Rio do Sul, terão teto de gastos de até R$ 240.774,04 e os candidatos a vereadores devem prestar contas com no máximo R$ 27.946,34 de gastos eleitorais. 

Em Ibirama, o gasto com a chapa majoritária n]ao pode ultrapassar R$ 181.018,68 e os candidatos a vereador, poderão contabilizar até  R$ 18.725,02.

Em Ituporanga o valor máximo para campanha de vereadores é de  R$ 23.930,74.

Em Taió, cada vereador poderá gastar até R$18.152,47 e em Rio do Campo até R$ 18.544,82

De acordo com a Lei das Eleições, os gastos de campanha devem ser calculados com base no limite definido nas últimas eleições municipais, atualizados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Dessa forma, o limite de gastos foi atualizado em 13.9% para o pleito deste ano. 

Conforme a legislação, em caso de descumprimento dos limites fixados, a campanha pode ser condenada ao pagamento de multa de 100% e a responder por abuso do poder econômico nas eleições.

Clique para acessar o limite_de_gastos__eleicoes_2020-final.pdf

limite_de_gastos__eleicoes_2020 final

Comentários