Ex-prefeito confessa que roubou só um pouquinho

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O ex-prefeito de Cocal (PI) José Maria Monção, do MDB, chamou atenção ao comparar seu governo com o do atual prefeito, Rubens Vieira (PSDB).  “Fui prefeito 3 vezes, sei do sofrimento. Mas também não roubei o tanto que esse aí roubou, não.”.

Ele discursava durante convenção do MDB no domingo, em apoio à candidatura de Cristiano Brito para disputar a Prefeitura nas eleições municipais deste ano.

Prefeito em três oportunidades ele foi preso em 2009 por desvios de R$ 2,6 milhões do Fundeb.  Eu posso até ter tirado alguma coisa, dado pros pobres. Se eu tivesse sido tão direito, eu não tinha ido preso, né. Se eu fui preso, tem um motivo”.

Ele também foi detido em 2015 por falsificar documentos da Câmara Municipal em meados de 2010 para aprovar as contas da sua gestão como prefeito e poder concorrer como deputado na eleição daquele ano. A pena foi convertida em serviços comunitários.

Comentários