Operação investiga advogados de produtores de Fumo

Policiais cumprem mandados em Rio do Sul, Ituporanga, Vidal Ramos e Pouso Redondo.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Estelionatos e Defraudações (DD/DEIC) desencadeou nesta manhã desta quinta-feira, 10/09/2020, a Operação Nicotiana, para dar cumprimento a 07 (sete) Mandados de Busca e apreensão nas cidades de Rio do Sul, Ituporanga, Vidal Ramos e Pouso Redondo.

Estão apoiando a operação da DEIC também equipes da DIC de Ituporanga, da DIC de Rio do Sul e do Instituo Geral de Perícias (IGP)

A investigação iniciada em 2019 busca apurar o suposto esquema fraudulento onde agricultores são aliciados para ingressar com ações judiciais de indenização por danos decorrentes de falta de energia elétrica, muitos utilizando laudos fraudulentos (misturados com situações procedentes).

O esquema vem causando um prejuízo milionário à empresa Celesc e, por consequência, aos cofres públicos e aos consumidores do estado.

As investigações apuraram que em mais de 1.200 ações judiciais podem ter sido utilizados esses laudos na região de Rio do Sul e Ituporanga, causando prejuízos na ordem de R$ 26 milhões ao erário público.

Comentários