As prefeituras das 28 cidades do Alto Vale do Itajaí decidiram que não vão retomar as aulas presenciais em 2020. Nesta quinta-feira (15), a região passou para risco Alto de contágio pelo novo coronavírus, o que permite a reabertura das unidades de ensino. Entretanto, a proposta de manter as atividades à distância foi unânime entre os municípios da região.

A decisão vale apenas para as escolas mantidas pelas prefeituras.

Segundo a assessoria de imprensa da Amavi (Associação de Municípios do Alto Vale do Itajaí), a deliberação ocorreu há cerca de um mês. Porém, não havia sido divulgada na época porque a região ainda estava no risco Grave de contágio pela Covid-19 e, por isso, não poderia voltar com as aulas presenciais.

Na tarde desta quinta-feira (15), os secretários Municipais de Educação da região debatem em reunião da Amavi sobre a possibilidade de reabrir as escolas para oferecer apoio pedagógico. Ou seja, um suporte aos estudantes que enfrentam dificuldades em fazer as atividades propostas pela internet ou com material impresso.

Aulas nas redes estadual e particular

As escolas da rede estadual e também as particulares estão autorizadas a retomar as aulas presenciais no Alto Vale do Itajaí. Para isso precisam apresentar um Plano de Contingência Escolar junto ao Comitê Municipal de Gerenciamento da Pandemia de Covid-19. Após aprovado o documento, o retorno é autorizado.